26/04/2021

HSFA adquire equipamentos de ventilação não invasiva

Equipamento foi adquirido com recurso do Poder Judiciário.


Fonte: Renata H. G. Eidelwein/Relações Públicas
COMPARTILHAR:

O HSFA ganhou nesta semana um item importante para reforçar a assistência aos pacientes de Covid-19. O hospital conta agora com quatro cápsulas respiratórias 7lives Helmet, interfaces de ventilação não-invasiva, registradas na Anvisa, que auxiliam na recuperação de pacientes com baixa oxigenação por conta do Covid-19, retardando a necessidade de intubação e uso do ventilador mecânico. 

A sua estrutura permite a formação de um ambiente com pressão positiva e enriquecido com oxigênio. A maior parte do seu material é feita com PVC atóxico e a membrana de vedação do pescoço é produzida com látex, garantindo conforto e adequado ajuste para diferentes pacientes. Para fixação do produto na cabeça, duas alças de polipropileno com fechos ajustáveis e neoprene dão segurança, conforto e fácil limpeza ao usuário. Esta interface conta com duas válvulas para conexões dos circuitos de fluxo inspiratório e/ou expiratório. Parte dos pacientes acometidos pela COVID-19 podem evoluir para uma forma mais grave da doença, passando a necessitar de suporte ventilatório em ambiente hospitalar. A ventilação não invasiva se apresenta então como uma alternativa de tratamento. O uso de capacetes de ventilação não invasiva (VNI) evitou a intubação de 54% dos pacientes com Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo, conforme um estudo europeu.

Auxílio do Poder Judiciário
A aquisição dos equipamentos foi possível graças ao repasse de recursos do Poder Judiciário ao hospital. Foram repassados à casa de saúde R$ 102.694,44 da conta das penas alternativas. Além dos capacetes para ventilação também foram adquiridos outros equipamentos que serão utilizados no atendimentos aos pacientes Covid-19 em UTI.