Histórico

Desde sua criação, o Hospital São Francisco de Assis têm profundas raízes na solidariedade da comunidade de Parobé.

Em 09.06.1982 reuniram-se na Sociedade Cultural e Recreativa de Parobé, médicos e membros integrantes da comunidade de Parobé para tratar sobre a fundação e construção de um hospital no município de Parobé. Neste ato já foi escolhido o nome para o hospital: Sociedade Beneficente de Parobé , mantenedora do Hospital São Francisco de Assis, o qual foi aprovado por todos os presentes.

Em 31.08.1982 foi eleita a primeira diretoria do hospital:

Presidente: Neucir J. Hartz, Vice: Aiser Hehn, 1ª Secretária: Maria Rejane Scheffel, 2ª Secretário: Airton C. Rech, 1º Tesoureiro Larri E. Saft, 2º Tesoureiro: Edu J. Schuch.

Começou então um grande movimento na cidade para arrecadação de fundos para dar-se início a essa obra sem precedentes. As obras tiveram início em 12/1985. Os recursos para o financiamento desta obra vieram de doações do poder público e privado. Os funcionários das empresas contribuíam espontaneamente com 1% do salário dos empregados, enquanto as empresas davam uma contrapartida no mesmo percentual sobre a folha de pagamento. Graças a esses repasses mensais que conseguiu-se tocar a obra de forma ininterrupta entre 1985 e 1993, quando foi definitivamente inaugurado.

Esse trabalho com a comunidade viabilizou a inauguração, em 1988, do bloco de Ambulatório e administração do hospital. A partir de então a população de Parobé obteve atendimento ambulatorial através de consultas em especialidades básicas (pediatria, clínica geral, cardiologista, ginecologia e obstetrícia), serviços de diagnóstico e pequenos procedimentos cirúrgicos, além de ambulância para remoção de pacientes.

Em 09/1993 foi possível dar início ao atendimento na área de internação, obstetrícia, traumatologia, fisioterapia, ecografia entre outros. O hospital dispunha de 50 leitos equipados, bem como áreas de apoio: cozinha e lavanderia.

O atendimento assistencial no Hospital de Parobé de 1988 a 1993 era em caráter particular e convênios com todas as empresas da cidade. A partir de 04/2005 o hospital credenciou-se parcialmente ao SUS possibilitando atendimento a todos os munícipes nas áreas de obstetrícia e pediatria.

Em 05/2007 inaugurou-se o 3º bloco de internação, situado no subsolo, possibilitando a partir de então o atendimento nas áreas de internação clínica e cirúrgica, ampliando para 80 leitos.

Em 2009 a emergência do hospital passou por reformas, onde foram feitas adequações na área física, ampliando-se as salas e número de leitos para assistência de pacientes SUS, convênios e particulares.

Em 2013 o HSFA conquistou seu Certificado de Filantropia - CEBAS, um importante marco para a história do hospital. Em 2014 iniciou um grande projeto de modernização do hospital, com remodelação todas da fachada, recepção, acolhimento e instalação de uma cafeteria.

 Após um período de 8 anos sob administração do Município de Parobé, em 2016 a gestão da entidade foi devolvida à Associação Beneficente de Parobé. 

Atualmente o hospital conta com uma estrutura de 99 leitos, distribuídas nas áreas de internação clínica, pediatria, obstetrícia e clínica cirúrgica. Atende não somente os munícipes de Parobé, como também os demais da região 6 da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde, além de Araricá e de outros municípios do entorno. Os recursos para custeio do hospital são oriundos do SUS.